Quem Somos

Logo após o movimento de avivamento pentecostal da Rua Azuza na cidade de Los Angeles – EUA – em 1906, foram enviados em missão Daniel Berg e Gunnar Vingren que chegaram ao Brasil em Belém do Pará, no dia 19 de novembro de 1910, ninguém poderia imaginar que aqueles dois missionários suecos estavam para iniciar um movimento que alteraria profundamente o perfil religioso e social do Brasil por meio da pregação de Jesus Cristo como o único e suficiente Salvador da humanidade, e como os anunciantes do Batismo no Espírito Santo e dos dons espirituais na América do Sul.

 

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério de Madureira em Barra do Garças, foi fundada em 1955 por Waldemar Nogueira Ramos, enviado pela Assembleia de Deus da cidade de Iporá por orientação divina sob a seguinte palavra profética:

“Meu servo, não turbe o seu coração, confia em Mim, pois continuarei abençoando este lugar. No presente, o resultado aparente é pequeno (…) e breve esta grande obra se espalhará por todas as localidades. Não te preocupes, pois proverei todas as coisas. Calçarei os teus pés no evangelho da paz e te guiarei como mensageiro da minha salvação. Não desanime, Eu galardoarei os teus esforços na minha obra, assim diz o Senhor”.

“(…) pregue a minha palavra e edifique as primeiras pedras, porque ali será uma grande obra. (…) pregue bem alto a minha palavra, e muitos a seu tempo também virão, e então verás a recompensa de tuas lágrimas, e então sua tristeza convertera em gozo (…)”.

Muitos foram os homens que acreditaram nesse projeto e deram suas vidas para verem crescer esse trabalho, crendo que Deus reservava para o Estado de Mato Grosso a benção da salvação pela proclamação do Evangelho.   No início do ano de 1955, o Pastor Divino Gonçalves dos Santos e seu companheiro Waldemar Nogueira Ramos, participaram de uma festa numa Igreja Assembleia de Deus em Goiânia, onde se encontrava o Missionário Carlos Hatchins, os pastores Antônio Inácio de Freitas e Antônio Moreira. Um dos temas dessa festa com certeza foi missões. O coração desses irmãos ardia de amor pelo as milhares de almas que ainda não conheciam o autêntico evangelho com calor pentecostal. Em uma das reuniões foi estendido sobre uma mesa, um grande mapa geográfico do Brasil, como fazem os militares estrategistas de guerra, a fim de localizar seu alvo. Nesse momento, o Pastor Divino Gonçalves dos Santos teve a orientação de Deus.  Ao observar demoradamente a vasta região do Vale do Araguaia e seus afluentes, percebeu, por revelação de Deus, aldeias indígenas, vilas, povoados e cidades ainda não evangelizadas. Movido de grande amor pelas almas, convidou os demais pastores, o missionário e o irmão Waldemar Ramos, para levantarem um clamor com suas mãos postas sobre o mapa, mais necessariamente sobre a região do Araguaia, pedindo a Deus que se lembrasse das milhares de almas que careciam de salvação nesta região e que se fosse da Sua vontade, que providenciasse os meios pelos quais pudesse enviar um obreiro para levar a mensagem de salvação para aquela, ainda pouco conhecida, região do Brasil; esse foi o teor da sua oração. O ardor missionário do Pastor Divino Gonçalves o inquietava, falando em seu coração dizendo que a hora é agora. Chegando a Iporá, campo do qual era presidente, reuniu seus obreiros apresentou seu projeto missionário de abrir um trabalho de evangelização na região do Araguaia, considerado um lugar de difícil acesso, poucas estradas, pouco habitado, notícias que a população indígena era mais abundante do que a não indígena e muitas outras dificuldades. Os obreiros aprovaram a ideia, porém, não sentiram muito ânimo com esse projeto. Quem sabe o pastor Divino Gonçalves dos Santos tenha lançado a oportunidade para que se manifestasse um voluntário que tivesse coragem em aceitar o desafio em fazer missões nesse lugar.

O evangelista Waldemar Nogueira Ramos se apresenta como voluntário para esse trabalho voluntário e Deus confirma imediatamente.

Com muita sabedoria e temor no Senhor, o Pastor Divino Gonçalves apresenta o pedido do voluntário a Deus, que por voz profética assim respondeu confirmando o propósito do irmão Waldemar Ramos: “cuida-te rápido, eis que és tu. Eu te abençoarei, clame o Meu sangue e confia em Mim, e Eu te abençoarei. Orai, orai, clamai, clamai o Meu sangue, lembra-te de Mim; e em tudo te abençoarei. Assim diz o Senhor”.   Assim nasceu a Igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira em Barra do Garças “uma Igreja que faz missões”, e daqui foi levado a Palavra de Deus para todo o estado de Mato Grosso.

(Retirado do livro: “Frutos de Uma Promessa”)